fale conosco Fale conosco
facebook twitter youtube
Imprimir
Principal Entidade
História

 

14/04/2010
A História do SINDPD-CE



Primeira Diretoria da APPD-CE
Foto: Arquivo do SINDpd Ceará
A+ A-
Tamanho da letra

O movimento dos profissionais de processamento de dados, culminando com a criação das APPDs, ensejou, através dos perfis de seus militantes, a criação dos SINDPDs e como conseqüência, nossa Federação, a FENADADOS.

Maurício César, Dilma Carvalho, Sergio Rosa e MessiasCom um breve histórico, nossa primeira Associação dos Profissionais de Processamento de Dados – APPD, veio a ser criada em 1977 no Rio Grande do Sul. Seguindo-se à idéia, vieram as do Rio de Janeiro e São Paulo.
Quando da realização do I CNPPD - Congresso Nacional dos Trabalhadores em Processamento de Dados – já tínhamos a participação de 7 unidades da Federação organizados.
Não obstante a lutas das outras categorias, as nossas se originaram pelas características de nossas atividades, presente nos vários ramos da atividade econômica.
Por sermos de uma base detentora de conhecimentos tecnológicos em informática, a ânsia de se buscar a regulamentação da profissão, uma política de informática menos castradora e a definição de um fórum próprio para as discussões da profissão, passou a mover os militantes de vanguarda do movimento, na aglutinação de mais companheiros(as).
Encerramento do Seminário
Nacional sobre Saúde realizado em FortalezaO movimento dos profissionais de processamento de dados, obteve grandes vitórias, bem como, sofreu transformações organizacionais.
Hoje, os meios que dispomos para o encaminhamento de nossas lutas, são maiores, comparados aos momentos da ditadura militar.
E, com as transformações no mundo trabalho, este movimento deu início a criação dos sindicatos, o que, já em 1988, conquistávamos nossa carta sindical, nos tornando o Sindicato dos Empregados em Empresas de Processamento de Dados do Estado do Ceará e, em assembléia, formalizávamos nossa alteração para Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Informática do Estado do Ceará.
Inicialmente representando somente os empregados em empresas de processamento de dados estatais Federal, Estadual e Municipal – SERPRO, DATAPREV, DATAMEC, PRODADOS, SEPROCE - hoje, conseguimos avançar e atuar na representação dos profissionais em processamento de dados, também, nas empresas particulares e prestadoras de serviços.
Por serem estas empresas, atuantes na região caracterizada pela 3ª região fiscal, nossa atuação se expandia aos estados do Piauí e do Maranhão, o que, com o crescimento das bases e problemas de representação processual, incentivamos e apoiamos a criação dos sindicatos  nestes estados.
Primeira Sede
Logo após a realização do VIII CNPPD, a maioria dos sindicatos, incluindo o nosso, filiou-se à CUT.
Embora tenhamos participado dos vários CNPPDs, sentimo-nos orgulhosos em termos sediado o VI em 1985 e o XIII em 1996.
Este é um pouco de nossa história.

 

 

Imprimir



2010-2017. Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados, Serviços de Informática e Similares do Estado do Ceará | Sede: Avenida Tristão Gonçalves, nº 1250 | Centro | Fortaleza - CE | CEP: 60.015-001 | Fone: (85) 3252-4771 / (85) 3048-1414
Código Sindical: Nº 914.005.436.02860-3 | Web site: www.sindpdce.org.br | E-mail: falecom@sindpdce.org.br
Atualizado pela Assessoria de Comunição do SINDPDCE, Wanessa Canutto, produzido por TEIA DIGITAL